domingo, 23 de novembro de 2008

inicío agora minha série de poemas...tantarei postar um diariamente....

pequenas crianças
meninos admiram
uma moto
sonham

ilusão implodida com um clique
reclamam da sorte
impotentes impregnados pela sociedade
crianças corrompidas pela modernidade

na vontade de beber coca-cola
passeiam pelos caminhos da cola
fogem da vida
procuram saída para suas existências infelizes

as portas lhe estão fechadas
são marginais, pivetes, ladrões
crianças velhas e invisíveis
cujos traços refletem suas amarguras

Um comentário:

.Marcelly disse...

Poesia engajada!!!!